Notícias

Assembleia Geral Sinbevidros

                                                                                                                 ACONTECEU SINBEVIDROS                                          
                                                                                       29.AGO.18 Assembleia Geral de Associados Sinbevidros



O SINBEVIDROS realizou Assembleia Geral de Associados no último dia 29 de agosto, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Dentre os temas abordados, a Concessão de Liminar que exclui o ICMS da base de cálculo do PIS/COFINS para as indústrias paulistas; o Cenário Econômico Doméstico; a Pesquisa de Substituição Tributária (MVA) e a Pesquisa de Cargos e Salários elaborada pelo Sindicato.


A reunião foi iniciada com a apresentação do coordenador Jurídico do Departamento Jurídico da Fiesp (Dejur), Dr. Caio Cesar Braga Ruotolo e  do advogado do  Dejur, Dr. Fábio Jordy. Os dois anunciaram que foi publicada a sentença do mandado de Segurança confirmando a liminar que exclui o ICMS da base de cálculo do Pis e Cofins.
Segundo o coordenador do Dejur, como se trata de uma ação coletiva, não há necessidade das empresas contratarem advogado para entrar com uma ação, elas podem se beneficiar imediatamente.


As empresas precisam apenas serem sócias do SINBEVIDROS.


Fábio Jordy comentou também sobre a vedação da compensação das estimativas do imposto de renda e CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), prevista na lei da Reoneração, de maio de 2018. Segundo ele a Fiesp entrou com uma ação, no entanto o juiz concedeu liminar com efeitos limitados ao âmbito territorial do Município  de São Paulo. “Estamos recorrendo e temos boas chances de êxito.” O Departamento enviou um comunicado com todas as ações disponíveis para os associados dos Sindicatos. O material já foi enviado pelo SINBEVIDROS.


A segunda parte da reunião contou com a palestra do especialista em Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp, Denilson Torcate Lopes.  Ele começou falando da crise desde 2014 até 2016. Em 2017 começou uma lenta e gradual recuperação impulsionada pela redução da taxa de juros, cenário externo bastante benigno, fatores transitórios como ingestão de recursos das contas inativas do FGTS e uma safra agrícola muito importante.


Chegamos em 2018 e a retomada perdeu fôlego. O ambiente internacional ficou mais turbulento, principalmente com a Argentina em crise cambial. Na industrial nacional a greve dos caminhoneiros que provocou uma queda de 11% em relação ao mês de abril, foi muito impactante. Depois, explica, houve uma recuperação dessas perdas. A atividade industrial continua com movimento de baixo dinamismo, fraco crescimento e alta volatilidade.


Com relação à produção de vidro o IBGE disponibiliza o mais aberto possível, começando com a produção de vidros, produtos de vidros e a variação no primeiro semestre com relação ao primeiro semestre do ano anterior. Em 2018 no primeiro trimestre a produção do segmento mostra a alta de 1.4, mas após 4 anos seguidos de contração. “Caiu quase 6% em 2014, 1% em 2015 e nesse período aqui acumulou 14%.”


Outro segmento que o IBGE disponibiliza é vidro plano, com alta um pouco maior no primeiro semestre de 2018, mas com a extensão da queda semelhante de 14 a 17, porém mais profunda acumulando queda de 20%. “Estou falando do nível da produção de vidros e produtos de vidros, só para dar uma ideia da recessão que vive o setor. Houve a normalização da produtividade industrial em junho e em julho. O dinamismo e a recuperação vão depender sem dúvida nenhuma do nível de incerteza que a economia passa, os seus impactos sobre a confiança do consumidor e do empresariado.”


Dando continuidade à Assembleia o presidente Alfredo Martins falou sobre a necessidade de realização da Pesquisa de Substituição Tributária, exigida pela Receita Federal. O processo vem caminhando com o levantamento da cesta, avaliação de inconsistências e aguardando posição da Receita. A pesquisa será feita pela FGV e a expectativa é ter índices menores em função de o  mercado estar em queda.


Finalizando a coordenadora da Pesquisa de Cargos e Salários do SINBEVIDROS, Dalva Oliveira, explicou que a pesquisa já foi enviada para as empresas associadas que participaram enviando os dados e caso as demais empresas tenham interesse em adquirir um exemplar, basta entrar em contato com a entidade para mais informações.
O Sindicato também está promovendo uma Campanha de Associativismo, chamada de “Indique e Ganhe”. Cada associado que apresentar uma empresa para se associar ao Sindicato ganhara um mês de mensalidade. “Contamos com a colaboração de todos”, finalizou o presidente.

Telefones: (11) 2476- 7021 | (11) 2476- 7479

sinbevidros@sinbevidros.com.br

Av. Paulista, 1313 - 9º andar - sala 906 A. Bela Vista - São Paulo/SP CEP: 01311-923