• sinbevidros

Construtores paulistas veem melhora na situação atual, mas capacidade operacional segue em queda

Sondagem da Construção mostra recuperação no nível de atividade e emprego, enquanto expectativas para os próximos meses recuam pelo quinto mês seguido.



A indústria da construção paulista apresentou menor pessimismo frente à situação atual no mês de maio, segundo a Sondagem da Construção do Estado de São Paulo, elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).


O nível de atividade em relação ao usual em maio foi de 41,3 pontos, voltando ao patamar dos 40 pontos, o que não ocorria desde janeiro. O nível de atividade em relação ao mês anterior, por sua vez, passou de 45,6 para 47,5 pontos. Já a evolução do número de empregados em relação ao mês anterior chegou aos 45,0 pontos, 2 pontos a mais do que o registrado na sondagem anterior. No entanto, a Utilização da Capacidade Operacional fechou o mês de maio em 41,9%, primeiro resultado abaixo dos 50% desde maio de 2020.


As expectativas para os próximos seis meses seguiram mais um mês de recuo, com os indicadores de nível de atividade e compra de insumos em 38,8 pontos cada. A expectativa de novos empreendimentos e serviços fechou em 41,9 pontos, enquanto a de número de empregados foi a única acima da linha divisória do patamar de otimismo (50,0 pontos) na sondagem, com 54,0 pontos.


Fonte: https://www.fiesp.com.br/observatoriodaconstrucao/noticias/construtores-paulistas-veem-melhora-na-situacao-atual-mas-utilizacao-da-capacidade-operacional-segue-em-queda/

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo