• sinbevidros

Resultado do PIB no primeiro trimestre deve ser o melhor do ano


O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 1,0% no 1º trimestre, na comparação com os três meses imediatamente anteriores, conforme divulgado nesta quinta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado veio um pouco abaixo da expectativa do mercado, que esperava alta de 1,2%. O destaque, pelo lado da oferta, veio do setor de serviços. Já pelo lado da demanda, as principais influências foram o consumo das famílias e as exportações.


Para o 2º trimestre, e principalmente para a segunda metade do ano, a expectativa é de arrefecimento do indicador. Nessa perspectiva, o resultado do PIB no 1º trimestre deverá ser o melhor para o ano.


Para a indústria, o cenário também é bastante desafiador devido ao substancial aperto monetário. A FIESP estima que um aumento de 1,0 p.p da taxa real de juros tem impacto sobre o PIB da indústria de transformação superior a 50% ao que ocorre no PIB total.

A projeção da FIESP para o resultado do PIB em 2022 passou de estabilidade (0,0%) para crescimento de 1,3%.



7 visualizações0 comentário